sexta-feira, 7 de junho de 2013

As 15 Melhores Músicas de Pop, R&B e similares dos Anos 2000

Retornando a sessão nostalgia dos anos 2000, vou elencar as 15 melhores músicas do Pop e R&B da década passada. São músicas que tem melodias inesquecíveis, coreografias espetaculares, refrões mais do que marcantes e, por isso, são consideradas, por mim, as melhores músicas desses estilos dos anos de 2000 a 2009. Cliquem nos títulos para ouvir as músicas...

15 - Yeah - Usher feat. Lil' Jon & Ludacris: Não tem como ficar parado quando as primeiras notas de Yeah começam a tocar. A obra-prima dançante de Usher é certamente um dos hinos das pistas de dança da década, e com todos os méritos, da voz de Usher, passando pelos gritos de Lil Jon e pela rima absurdamente rápida de Ludacris.

14 - We Belong Together - Mariah Carey: Além de ser o seu grande hit na década, foi a música que marcou seu retorno triunfal ao topo. Mariah dá um show nessa balada pop, e mostra que não se pode subestimar as grandes cantoras.

13- I Gotta Feeling - The Black Eyed Peas: Você provavelmente ouviu essa música até dizer chega, e com o tempo passou a odiá-la com todas as suas forças, mas não dá pra negar que é uma excelente música. É O hino das pistas de dança da década passada, com uma batida e refrão muito contagiantes, que só gênios do pop, como Will.I.Am sabem fazer.

12- Poker Face - Lady Gaga: Essa música consolidou Gaga como uma das cantoras pop mais importantes da atualidade, e sem dúvidas é a melhor música que ela já fez. É outra música com batida direcionada às pista de dança e que, aliada à voz de Gaga e a um refrão muito grudento, acabam tornando a música um hit imenso e uma das melhores dos últimos tempos.

11- Ignition (Remix) - R. Kelly: Seria difícil esperar que R. Kelly algum dia fizesse algo parecido com "I Believe I Can Fly", mas ele fez. Ignition (Remix) tem uma das atmosferas mais interessantes do R&B recente, sendo ao mesmo tempo relaxante e dançante, com melodia e refrões espetaculares.

10- One More Time - Daft Punk: A música mais marcante do duo francês de música eletrônica. Dançante ao extremo, sintetiza tudo que a música eletrônica deve ser, inclusive com a voz robótica em algumas partes e o refrão cativante.

9- Since U Been Gone - Kelly Clarkson: O pop/rock da primeira vencedora do American Idol merece estar na lista. A cantora mostra que tem muito potencial vocal, as guitarras criam uma ambientação que permite identificar o peso do rock e a dança do pop, e o refrão ajuda a tornar a música um clássico da década passada, e provavelmente a melhor música da Kelly Clarkson.

8- Single Ladies - Beyoncé: Ela foi a maior estrela do R&B nos últimos anos, e Single Ladies mostra porquê. Não bastasse a coreografia e o clipe sensacionais (e Kanye West concorda comigo), a música é talvez a mais animada da carreira da cantora, com ótimo refrão e uma "ponte" (brigde) simplesmente espetacular (que começa do "Don't treat to these things of this world" e termina no "And like a ghost I'll be gone").

7- Paper Planes - M.I.A.: Atmosfera psicodélica, partes da música feitas a partir de sons de caixas registradoras antigas e tiros de revólver, que se encaixam perfeitamente à proposta da música. Pela ousadia e inovação que essa música trouxe e seu sucesso comercial, ela merece estar bem posicionada na lista.

6- Cry Me a River - Justin Timberlake: Com essa música, Justin mostrou que não era mais um integrante qualquer de boy band e comprovou todo o seu talento e criatividade, o que também é refletido pela letra da música. O refrão e as pontes são muito bons, além, é claro, da batida.

5- Umbrella - Rihanna feat. Jay-Z: Com Jay-Z esbanjando e anunciando a "pequena miss sunshine" de sua gravadora e depois Rihanna começando a cantar os versos até chegar no refrão mais grudento da década, com seus "ella, ella, ella, e, e, e", e numa das melhores pontes da década também, que termina com a garota de Barbados mostrando sua qualidade vocal em "I'll be all you need and more", Umbrella não podia ser menos que o imenso hit que foi.

4- Rehab - Amy Whinehouse: Pode ser triste pensar que a negativa da cantora a ir se tratar, o que é o tema da música, acabou levando à sua morte precoce. Mesmo assim, Rehab é uma excelente música, que combina perfeitamente o antigo e o novo, dos instrumentos de sopro à batida da bateria, passando pelo simbólico refrão. Rehab é uma obra prima de Amy, é certamente uma das músicas que definem a década passada.

3- Crazy - Gnarls Barkley: A obra prima do duo formado por Cee-Lo Green e Danger Mouse, com uma batida espetacular, letra muito interessante, refrão marcante e a voz impressionante de Cee-Lo, que une todos esse elementos e transforma a música num clássico instantâneo. Desculpem o trocadilho, mas não tem como não ficar maluco por essa música.

2- Crazy in Love - Beyoncé feat. Jay-Z: Não tinha maneira melhor de se lançar em carreira solo após o grande sucesso do Destiny's Child. A riff de metais do início já é grandioso, mas a cada parte da música essa grandiosidade vai aumentando, com os versos muito bem cantados pela Beyoncé, o refrão sensacional, os versos de rap de Jay-Z e a ponte fantástica que começa no fim do rap do Jay e termina no refrão, que juntas formam a melhor música cantada por uma mulher na década passada, e uma das melhores músicas de todos os tempos.

1- Hey Ya! - Outkast: Quando a duo de rap mais talentoso da década se aventurou a fazer uma música diferente do padrão rap, nem eles devem ter imaginado o que acabavam de fazer. Do refrão ao riff de piano, passando pela batida da bateria, a parte cantada por Andre 3000, a conversa entre os "integrantes" da "banda" Love Below e o genial verso "Shake it like a polaroid picture", tudo nessa música é fantástico, e tudo isso se confirmou com o enorme sucesso de crítica e público que a música teve, contagiando desde o mais fanático headbanger a aqueles de só ouvem o que faz sucesso nas rádios, sendo, por isso, e com muitos méritos, a melhor música pop dos anos 2000.

Um comentário: